Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porto de Amato

Porto de abrigo, porto de inquietação, porto de resistência.

Porto de Amato

Porto de abrigo, porto de inquietação, porto de resistência.

Acabou-se o novo ópio do povo... por agora!

Eh pá... Portugal foi eliminado!

 

Como vai ser agora?

 

O que vai comentar o senhor Presidente da República e o senhor Primeiro-ministro?

 

Acabou-se o novo ópio do povo!

 

Pois é... vai ser um problema! Agora o pessoal vai começar a reparar no preço da gasolina! Está quase a um euro e setenta! E outras coisas, talvez... Portugal foi eliminado!

 

Acabou-se a distração! Que tristeza...

publicado às 22:26

Um certo sentimento de melancolia no ar

Há um certo sentimento de melancolia no ar que respiro, como uma tristeza profunda que invade os dias com nuances mescladas de resignação e de desespero. É difícil enfrentar a dura realidade das coisas. O ser humano evolui tão devagar, mas tão devagar, que parece que, em cada momento, não evolui nada de nada. Em cem anos, parece que a evolução do ser humano foi nenhuma. O que movia e controlava as massas há cem anos atrás é o que move e controla as massas hoje em dia: a religião, Fátima; o desporto, o futebol; o jogo, euromilhões, totoloto, totobola, lotaria, raspadinhas e, agora, as novíssimas apostas desportivas da placard.

 

É deprimente.

 

Com Fátima a rebentar pelas costuras para ver o Papa que beija criancinhas e deficientes, lembro-me das palavras sábias do Padre Mário de Oliveira: as pessoas buscam fora de si as soluções para as suas vidas. Deus, a existir — acrescento eu —, vive dentro delas e não fora, age através delas e não enquanto uma entidade autónoma. É mais fácil, todavia, passar uma vida entretida com encenações, teatrinhos irrelevantes, com jogos sem nenhum interesse para além do lúdico — e, por vezes, nem esse — e não tomar nas suas próprias mãos a sua própria vida, o seu próprio destino.

publicado às 05:44

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub