Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Axiomática dos debates: acordar sobre as definições

por Amato, em 09.10.14

A conversa, diálogo, como permuta de ideias, é seguramente o maior factor de evolução do ser humano. Não teríamos chegado tão longe simplesmente pela nossa inteligência individual. Cada ser humano isolado na sua ilha privada teria, seguramente, atingido muito rapidamente o cru destino da extinção. E reforço: não se trata apenas de cooperação ao nível mecânico, mas sobretudo no que ao intelectual diz respeito. No entanto, requisito obrigatório para esta conversa evolutiva é haver um acordo, não tácito mas manifesto, sobre do que é que se está a discutir. Acordar sobre as definições, sobre a axiomática de que se faz uso. Isto é, se falamos sobre azeitonas, a palavra azeitona deve representar para todas as partes exatamente o mesmo, para não se correr o risco de se estar a discutir sobre frutos distintos. Outro requisito fundamental é saber do que se fala. Se se discute a “apanha” da azeitona deve-se conhecer o bago em questão e a milenar árvore que o origina. Caso contrário, podemos incorrer no erro de comparar a azeitona à uva e, como nas vindimas, defender a recolha de cada azeitona uma a uma como se procede com cada cacho de uvas. São erros próprios de quem ignora que a safra da azeitona se processa através do varejar dos ramos da oliveira sendo estas recolhidas, então, em extensos lençóis chamados de panais.

 

As trocas de ideias que não satisfazem os dois requisitos supra invocados podem ser úteis a nível privado, admito, sobretudo se houver um genuíno interesse de aprendizagem das partes. A nível público, contudo, constituem discussões absolutamente desnecessárias. Não obstante, radicam-se como prática comum nos meios de informação, já são uma forma eficaz de desinformar, confundir e dividir a opinião pública.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Amato

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Tags

mais tags