Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Cavaco Silva, sem comentários

por Amato, em 06.10.17

https://1.bp.blogspot.com/-Y1H1gFiDs_I/Tmjj7aNYviI/AAAAAAAAAH0/PNioVhun5Io/s1600/vciuieyi.jpg

 

Acontece, até, que eu não votei, porque estava num casamento de um familiar muito próximo na Escócia no próprio dia e por isso só acompanhei já na segunda-feira o que tinha aqui ocorrido.

— Cavaco Silva, 4 de outubro de 2017.

 

Nunca serei capaz de entender perfeitamente como o povo foi capaz de conceder a este personagem vinte anos de poder. Um péssimo exemplo, um horrível exemplo para a nossa “democracia”.

 

Os milhões de portugueses que, eleição após eleição, lhe entregaram o seu voto deviam ser intimados a pedir desculpas públicas ao país pelo que fizeram. Houvesse vergonha...

Cavaco Silva e Carolina Salgado, dois mundos distintos, uma mesma educação

por Amato, em 16.02.17

Hoje à tardinha, o nosso ex-Presidente da República e ex-Primeiro-Ministro, Aníbal Cavaco Silva, apresenta um novo livro no Centro Cultural de Belém. “Quinta-feira e outros dias”, é o título da obra que, curiosamente, é apresentada numa quinta-feira, o que é deveras engraçado, sublinhe-se. Nas palavras dos promotores da obra, trata-se de um “completar a prestação de contas aos portugueses”. Com base no que tem vindo a público com vista ao aguçar da curiosidade dos portugueses, acrescentaria que esta obra tem como objetivo completar também o programa da máquina de lavar roupa da antiga presidência, uma máquina que mistura todo o tipo de roupas sujas, os brancos com os pretos e os pretos com os coloridos, numa mixórdia que, normalmente, a boa educação desaconselha, já que acaba por estragar as peças de roupa.

 

Mas o que a obra faz de mais relevante é provar, para além de qualquer dúvida — e, por isso, fico eternamente grato ao autor da mesma —, que a diferença entre o antigo Presidente da República e Primeiro-Ministro de Portugal e uma qualquer ex-companheira de Pinto da Costa não é nenhuma: findo o cargo, cessam quaisquer putativas obrigações deontológicas ou simplesmente éticas e revelam-se os pormenores mais íntimos da atividade.

 

Não se pode considerar, por isso, a escrita deste livro de um modo distinto do da escrita do livro de Carolina Salgado sobre Pinto da Costa, nem se podem qualificar Cavaco Silva e Carolina Salgado, os autores, de um modo diverso. O que se diz de um, deve dizer-se do outro. O que se chama a um, deve-se chamar ao outro. Note-se, neste sentido, a feliz coincidência das iniciais idênticas no nome de ambos.

 

http://images-cdn.impresa.pt/expresso/2015-09-17-Cavaco_Carantonha.jpg?v=w620h395

 

Termino com uma expectativa. Espero que a Universidade Católica de Manuel Braga da Cruz, o reitor, que fará a apresentação do livro logo à tarde, abra uma nova cadeira, um dia destes, num dos próximos anos letivos, num desses pseudo-cursos sobre política que tem, para discutir esta mesma temática. Imagino e antecipo com entusiasmo a quantidade de teses de mestrado e de doutoramento interessantíssimas que daqui brotarão. Que tal este excelente título: Cavaco Silva e Carolina Salgado, dois mundos distintos, uma mesma educação? Aproveitem, mestrandos e doutorandos! Bom trabalho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Amato

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Mensagens