Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

O segundo erro ou a fábula do sapo e do escorpião

por Amato, em 22.12.15

Há dois pares de artigos atrás dava conta do primeiro erro de Costa enquanto Primeiro-ministro. O erro apontado era de natureza puramente estratégica a médio ou longo prazo no contexto da legislatura. Se alguma coisa deixava claro era da inabilidade do nosso “Primeiro” para o xadrez.

 

Pois não muito tempo volvido e António Costa começa a revelar uma prática governativa que não promete um mandato seguro que possa ser levado até ao fim. É que, como se não bastassem todas as condicionantes externas que se preparam com preceito para retirar o tapete a este governo no momento oportuno, também António Costa tinha que começar a governar ora com uns, ora com outros, ziguezagueando a gosto. Em particular, o caso Banif pode tornar-se marcante para o futuro, pela solução adotada, pela natureza da mesma e pela ausência de diálogo disfarçada de uma urgência conveniente... a urgência do costume.

 

Assim, este governo cai no engodo da direita que, por ora e enquanto convém, faz-lhe as vontades, ao mesmo tempo que desagrada a esquerda, mais sólida e mais confiável, por ser seu suporte parlamentar efetivo e por aparentemente não possuir nenhuma exacerbada fome de poder.

 

Este segundo erro é mais grave do que o primeiro porque tem o condão de minar as relações que, no final de contas, poderão valer a este governo a sua sobrevivência política. Faz-me lembrar da fábula do sapo e do escorpião: é esta a natureza do PS, não é outra, é esta! Trata-se, portanto e se dúvidas subsistissem ainda, de um governo do PS, não de um governo de esquerda.

https://carazara.files.wordpress.com/2015/08/frog-and-scorpion.jpg

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Amato

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Mensagens