Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

O partido sem caráter

por Amato, em 05.05.18

Confesso que este PS nunca me deixa de espantar! É como a abertura de uma garrafa de espumante: sabemos bem o que vai acontecer à rolha, já sabemos de cor que a rolha vai saltar, mas isso não evita o susto, não inibe a surpresa!

 

Pois não é que, durante esta semana, o governo do partido socialista encetou uma ação concertada para se demarcar do seu anterior secretário-geral e primeiro-ministro José Sócrates! Foi assim com um punhado de declarações bem afinadas, desde António Costa, passando pela liderança intermédia, até chegar à sargentada, todas, como dizia, bem afinadas pelo mesmo diapasão, o da vergonha, com uma eventual condenação de Sócrates. Creio que António Costa acredita que com isto consegue expurgar a podridão do seu partido, limpá-lo de responsabilidades, lavar-lhe as mãos, os pés e a alma.

 

Desengane-se o leitor, se por acaso julgar encontrar nestas linhas vislumbre de um princípio de manifestação de solidariedade com o senhor engenheiro Sócrates. Não. Nem solidariedade, nem simpatia, nem nada. O que me move é outra coisa: é apontar o dedo à falta de decência, à falta de caráter.

 

Como pode uma trupe composta por ex-ministros de Sócrates, ex-secretários de estado, ex-colegas de governo de Sócrates, ex-defensores acérrimos dos governos Sócrates, ex-vomitadores de elogios bacocos, ex-amigos do peito, virar-se agora contra o homem? Como pode fazê-lo sem que, em simultâneo, assumam a sua própria responsabilidade e conivência com as imoralidades e corrupção que estão em cima da mesa? Os ministros de Costa, ex-ministros de Sócrates, de nada sabiam? De que discutiam nas reuniões e conselhos de ministros? De futebol? Do jogo do dia anterior? E os amigos do peito? Viviam na ilusão? Caíram agora na realidade?

 

Como é que esta sociedade de memórias curtas tolera este tipo de comportamentos? Como é que os jornais não expõem em uníssono esta falta de caráter em gordas de primeira página? Como é que nós, pessoas de bem, somos capazes de olhar mais para a cara desta gente, quanto mais votar novamente no PS? Como permitimos que esta estratégia seja bem sucedida? Como? Acaso seremos feitos da mesma massa? Por ventura, sim. Definitivamente, sim!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Amato

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Mensagens