Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Porto de Amato

Porto de Amato, porto de abrigo do filho de Héracles

Só há um partido que defende os trabalhadores

por Amato, em 01.09.17

Se há uma coisa que fica cabalmente demonstrada com esta greve da Autoeuropa, é que apenas existe um partido na sociedade portuguesa que defende intransigentemente os direitos dos trabalhadores e que se posiciona sempre do lado destes. Esse partido é o Partido Comunista Português.

 

Não há qualquer novidade no conteúdo das declarações dos dirigentes da direita, PS incluído. Estes, colocam os lucros da multinacional Volkswagen à frente de toda e qualquer norma laboral, de todo e qualquer direito dos trabalhadores e de todo e qualquer conceito mínimo que diga respeito à sua saúde e bem-estar. Inclusivamente, hoje acordei a ouvir Assunção Cristas, histérica, a pedir ao governo que não mexa na lei laboral. Este é o maior medo da direita: que não se dê nem mais um cêntimo para o proletariado! Por oposição, este deveria ser o mais forte e inabalável desígnio da esquerda: implodir este código de trabalho neoliberal e refazer um código de trabalho de matriz socialista.

 

Reforço o que tenho escrito ao longo destes dias: o papel a que se presta a comunicação social portuguesa tem sido verdadeiramente ordinário. Há não tantos anos quanto isso, estariam, estes mesmos, a defender a escravatura para benefício da viabilidade das fábricas e dos latifúndios agrícolas. É uma vergonha que esta sociedade imponha este pensamento único e esta máxima de os fins justificarem os meios. É o auge da desumanização das sociedades.

 

Onde há novidade neste processo é na atitude do Bloco de Esquerda enchendo a boca com a importância da Autoeuropa para o país, cavalgando a onda do anticomunismo e procurando fazer desta luta séria dos trabalhadores que defendem o seu direito ao descanso numa luta partidária.

 

Termino como comecei: só há um partido que defende os trabalhadores. O resto é conversa fiada. Mais: isto que escrevo é absolutamente transparente para quem quer ver.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Amato

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mensagens